web analytics

Polémica em vésperas de eleições no PS Mafra

Sérgio Santos prefere manter o silêncio. O cabeça de lista da candidatura “Ganhar o Futuro” à Comissão Politica Concelhia do PS de Mafra escusou-se, esta quarta-feira, a reagir às críticas da candidatura adversária “Pelo PS, com o PS”, encabeçada por Miguel Samora.

 

Em comunicado, emitido ontem, Samora acusa Sérgio Santos de ignorar um convite do actual presidente da Concelhia, Sérgio Mota, para um debate com as duas candidaturas, agendado para esta quarta-feira, 13.

 

“Apesar de não nos surpreender esta falta de disponibilidade para um debate interno do outro cabeça de lista, ex-militante activo no PPD/PSD no Concelho de Mafra, resta-nos lamentar e repudiar este tipo de atitudes que consideramos de falta de transparência e de coragem demonstrando o enorme vazio de ideias, de projectos e de estratégia política existente na outra candidatura e no seu cabeça de lista”, lê-se no comunicado.

 

Questionado pela RCM, Sérgio Santos, que não quis gravar declarações, afirmou que só falará do assunto após o acto eleitoral de sexta-feira, 15, para a Comissão Política Concelhia, alegando: “Não quero alimentar polémicas”.

 

De igual modo, Sérgio Santos escusou-se a fazer um balanço da campanha da sua candidatura, ao longo dos últimos meses.

 

Ao contrário, em entrevista à RCM, Miguel Samora, o candidato de 24 anos que encabeça, desde Março, a lista concorrente, refere-se à sua campanha como algo inédito no PS de Mafra.

 

“Fizemos várias sessões de esclarecimento com os autarcas e com os militantes e visitámos várias instituições do concelho, além de toda a informação que pusemos a circular, o que nunca foi feito na Concelhia do PS”, observa.

 

O vencedor que vier a sair das eleições da próxima sexta-feira irá substituir Sérgio Mota, que lidera, desde há dois anos, os socialistas mafrenses e aos quais, frisa Miguel Samora, “anunciou, em 2010, a intenção de cumprir apenas um mandato”.

 

Miguel Samora defende que Mota estará, nessa altura, em melhores condições para preparar uma recandidatura à Câmara de Mafra nas Autárquicas de 2013.

 

“Obviamente, por todo o trabalho que Sérgio Mota tem feito quer no PS de Mafra, quer na Vereação considero que ele é o melhor candidato para encabeçar a lista do PS à Câmara de Mafra, em 2013”, salienta, ressalvando, no entanto, que essa é uma decisão da estrutura nacional do Partido Socialista.

 

As eleições realizam-se na sede do PS, em Mafra, entre as 17h00 e as 23h00, incluindo mais dois actos eleitorais, um para o Departamento Federativo das Mulheres Socialistas e outro para a presidência da FAUL, em que há apenas uma lista, encabeçada pelo actual presidente Marcos Perestrello.

 


13 de Junho de 2012
Esta entrada foi publicada em Home, Notícias, Notícias Locais, Política com as tags . ligação permanente.



Deixe o seu comentário





Publicidade